encarnação

expiação

O Essencial

 

"O aspecto mais importante da evangelização é o próprio evangelho — as boas-novas. Se não estamos apresentando o evangelho correto, de conformidade com a Palavra de Deus, então, independentemente do que estamos fazendo, isso não pode ser chamado de evangelização. O que é essencial na evangelização? Podemos condensar a resposta em quatro palavras: Deus, homem, Cristo e resposta. Deus é nosso Criador santo e Juiz justo. Ele nos criou para que O glorifiquemos e O desfrutemos para sempre (Gn 2.16-17; 18.25; Mt 25.31-33). Mas a humanidade se rebelou contra Deus, ao pecar contra o caráter santo e a lei de Deus (Gn 3.1-7). Todos nós participamos desta rebelião pecaminosa, tanto em Adão, nosso cabeça e representante, como em nossas próprias ações (1Rs 8.46; Rm 3.23; 5.12, 19; Ef 2.1-3). O resultado disso é que nos temos alienado de Deus e exposto a nós mesmo à sua ira justa, que nos banirá ao inferno, eternamente, se não formos perdoados (Ef 2.12; Jo 3.36; Rm 1.18; Mt 13.50). Mas Deus enviou Jesus Cristo, plenamente Deus e plenamente homem, para sofrer a morte que merecíamos por nossos pecados — o justo pelos injustos —, para que Deus punisse nosso pecado em Cristo e o perdoasse em nós (Jo 1.14; Rm 3.21-26; 5.6-8; Ef 2.4-6). A única resposta salvadora a estas boas-novas é o arrependimento e a fé (Mt 3.2; 4.17; mc 1.15; Lc 3.7-9; Jo 20.31). Temos de nos arrepender de nossos pecados (converter-nos deles para Deus) e crer em Jesus Cristo, para o perdão de nossos pecados e a reconciliação com Deus. Deus, homem, Cristo, resposta — lembre-se: não há evangelização sem o evangelho".

 

 

Dever, Mark; Alexander, Paul.

Igreja Intencional: Edificando seu ministério sobre o Evangelho.

Editora Fiel. 

A morte de Cristo

 

Quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram com os criminosos, um à sua direita e o outro à sua esquerda.
Jesus disse: "Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo". Então eles dividiram as roupas dele, tirando sortes.
Lucas 23:33,34

Havia uma inscrição acima dele, que dizia: ESTE É O REI DOS JUDEUS.
Lucas 23:38

Já era quase meio dia, e trevas cobriram toda a terra até às três horas da tarde; o sol deixara de brilhar. E o véu do santuário rasgou-se ao meio.
Jesus bradou em alta voz: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito". Tendo dito isso, expirou.
O centurião, vendo o que havia acontecido, louvou a Deus, dizendo: "Certamente este homem era justo".
Lucas 23:44-47

Havia um homem chamado José, membro do Conselho, homem bom e justo, que não tinha consentido na decisão e no procedimento dos outros. Ele era da cidade de Arimatéia, na Judéia, e esperava o Reino de Deus.
Dirigindo-se a Pilatos, pediu o corpo de Jesus.
Então, desceu-o, envolveu-o num lençol de linho e o colocou num sepulcro cavado na rocha, no qual ninguém ainda fora colocado.
Lucas 23:50-53

ressurreição

A Ressurreição de Cristo

 

No primeiro dia da semana, de manhã bem cedo, as mulheres tomaram as especiarias aromáticas que haviam preparado e foram ao sepulcro.
Encontraram removida a pedra do sepulcro, mas, quando entraram, não encontraram o corpo do Senhor Jesus.
Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente dois homens com roupas que brilhavam como a luz do sol colocaram-se ao lado delas.
Amedrontadas, as mulheres baixaram o rosto para o chão, e os homens lhes disseram: "Por que vocês estão procurando entre os mortos aquele que vive?
Ele não está aqui! Ressuscitou! Lembrem-se do que ele lhes disse, quando ainda estava com vocês na Galiléia:
‘É necessário que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, seja crucificado e ressuscite no terceiro dia’ ".
Lucas 24:1-7

Enquanto falavam sobre isso, o próprio Jesus apresentou-se entre eles e lhes disse: "Paz seja com vocês!"
Eles ficaram assustados e com medo, pensando que estavam vendo um espírito.
Ele lhes disse: "Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas em seus corações?
Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho".
Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e os pés.
E por não crerem ainda, tão cheios estavam de alegria e de espanto, ele lhes perguntou: "Vocês têm aqui algo para comer? "
Deram-lhe um pedaço de peixe assado, e ele o comeu na presença deles.
E disse-lhes: "Foi isso que eu lhes falei enquanto ainda estava com vocês: Era necessário que se cumprisse tudo o que a meu respeito estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos".
Lucas 24:36-44

salvação

A Salvação é pela graça de Cristo.

 

A Bíblia diz: “Cremos que somos salvos pela graça de nosso Senhor Jesus...”. Atos 15:11.

“Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos”. Efésios 2:4,5.

“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus”. Efésios 2:8.

 

Somos salvos por meio da fé em Jesus Cristo.

A Palavra de Deus diz: “Porque a vontade de meu Pai é que todo aquele que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. João 6. 40.

“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus”. Efésios 2:8.

“Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa”. Atos 16:31.

“Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo”. Romanos 10:9.
 
A graça de Deus é a causa da nossa salvação e a fé em Jesus Cristo é o meio pelo qual recebemos a salvação.

O que devemos fazer para sermos salvos?

Primeiro, devemos nos arrepender dos nossos pecados.


A Escritura diz: “Preguei em primeiro lugar aos que estavam em Damasco, depois aos que estavam em Jerusalém e em toda a Judéia, e também aos gentios, dizendo que se arrependessem e se voltassem para Deus, praticando obras que mostrassem o seu arrependimento”. (At. 26.20).

Segundo, devemos confiar em Jesus Cristo.


A Bíblia diz o seguinte: “Testifiquei, tanto a judeus como a gregos, que eles precisam converter-se a Deus com arrependimento e fé em nosso Senhor Jesus”. (At. 20.21).